Hospital Cristo Rei monta duas Mini UTIs e se prepara para o pico do Coronavirus

30/04/2020

 

 

O Hospital Cristo Rei montou duas mini Unidades de Tratamento Intensivo e está pronta para o pico do Coronavirus. No fim de Março, em um esforço conjunto da Prefeita Maria Julia e do Presidente da Câmara Municipal, Marquinhos da Acarpa, R$ 500 mil reais foram repassados da Câmara para a Prefeitura. Destes, R$ 150 mil reais foram destinados à instituição, que investiu na compra e locação de equipamentos para atender os casos mais graves da doença, tornando o hospital no único com esse tipo de estrutura na região.  

 

 Irene Das Graças, Diretora Administrativa do hospital, detalhou que até o momento, dos R$ 150 mil reais que chegaram ao fim de Março, já foram gastos R$ 130 mil. Parte deste recurso foram para a compra de Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), pijamas cirúrgicos, óculos, sapatos, aventais, máscaras e luvas. “Depois de garantirmos esses materiais para a segurança dos nossos profissionais, focamos na parte de equipamentos que nos faltavam para atender os casos mais graves da doença”, conta.

 

EQUIPAMENTOS E INSUMOS

 

O hospital já contava com um respirador de transporte em sua estrutura. Com a verba, foi possível para o hospital alugar mais um respirador, dois aspiradores cirúrgicos – necessários para sugar as secreções dos pacientes com quadro pulmonar crítico - e um desfibrilador com monitor cardíaco. “Fizemos um contrato de locação por três meses. Pagamos R$ 10 mil reais por mês, e podemos estender esse contrato por mais tempo, sem alteração do valor”, explica Irene.

 

Também foi feita a compra de um respirador de UTI, que custou R$ 30 mil, quando usualmente custariam R$ 150 mil reais. “Esse aparelho é extremamente vital para os casos mais graves da doença, em que se faz necessário manter a respiração mecânica do paciente quando ele entra em estado de coma e não pode mais respirar com as próprias forças. Demos sorte, pois é um equipamento que é muito caro, que estava parado em outra região e que conseguimos trazer para nossa estrutura”, diz a Diretora.

 

 

Além desses itens, também foram adquiridos oito respiradores manuais - cinco adultos e três infantis – mais dez cilindros de oxigênio e estruturas necessárias para atuação nos casos mais graves, como material de intubação, lâminas de laringoscópio, cânulas, medicação de suporte e mais um carrinho de emergência.

 

CAPACIDADE

 

De acordo com dados da SESA, 33% dos leitos de UTI do Estado estão ocupados por conta da doença, e os leitos de Quitandinha vão encorpar essa estrutura disponível para atender a demanda trazida pela doença. “Até conseguirmos os equipamentos, ficamos com o coração nas mãos. Tivemos muito jogo de cintura e hoje estamos com uma margem de segurança. Estamos prontos para o caos e torcendo muito para que não aconteça. Se chegar alguém em estado gravíssimo, nós temos uma parcial autonomia, os nossos leitos estão prontos para atender o provável período de pico.”, comenta Irene.

 

 

FINANCEIRO

 

Irene conta que os gastos com materiais dobraram por conta do período de crise. “Antes da crise, só em medicamentos e materiais, nós gastávamos cerca de R$ 20 mil reais por mês. No último mês nós gastamos R$ 90 mil, e a previsão de gastos para os próximos meses é de R$ 40 mil reais em média”, diz.

 

Os motivos para esse aumento vão desde a escassez de insumos até os preços abusivos praticados pelo mercado por conta da oferta e demanda. “As máscaras são o maior exemplo disso. As mais simples, feitas de TNT, encontrávamos por R$ 0,50 centavos a unidade. Hoje, a mesma máscara é comprada por R$ 5,00 reais a unidade. A máscara N95, conhecida como ‘bico de pato’, padrão para uso hospitalar e que segue as normas regulamentares do Ministério do Trabalho, antes era encontrada por R$ 8,00 reais, hoje a unidade não sai por menos de R$ 30,00 reais, quando consegue achar”, conta a diretora.

 

 

 

 

 

 

Tags:

Share on Facebook
Please reload

Destaques

Prefeitura abre Portal de Transparência para o Coronavírus

07/08/2020

1/10
Please reload

Notícias recentes
Please reload

ONDE ESTAMOS

Rua José de Sá Ribas, 238, Centro.

CEP 83840-000

CNPJ 76.002.674/0001-97

 

Telefone: 41 3623-1231/ 3623-1508

                      3623-2118 / 3623-1293

Portal desenvolvido pela Assessoria de Comunicação da prefeitura de Quitandinha.